Pesquise no blog

Visitantes Corais

sábado, 31 de outubro de 2015

Time Feminino de 1983

Fotos: Narciso Lins e Raimundo Batista
Imagens do II Campeonato Pernambucano de Futebol Feminino




Rovérsio - 2004

Rovérsio Rodrigues de Barros, o “Rovérsio”, nasceu em Igarassu, Pernambuco, no dia 17 de janeiro de 1984. Atuando como zagueiro foi revelado pelo Santa Cruz em 2004. Logo se transferiu para a Europa assinando contrato com o Gil Vicente de Portugal. Em 2007 transferiu-se para FC Poços de Ferreira e se destacou no campeonato português.  Seu bom desempenho chamou a atenção do Osanuna e foi contratado pelo time espanhol.  Depois de sofrer uma grave contusão se recuperou e foi emprestado para o Betis.  Em 2012 transferiu-se para o futebol turco para defender o Orduspor. Em 2013 Rovérsio foi contratado pelo Cosmos de Nova York time que defende até hoje (2015).



sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Dado Cavalcanti - 2000 - 2015

Detalhe da foto: Dado Cavalcanti marcando Cleber Santana
Luiz Eduardo Barros Cavalcanti, o “Dado Cavalcanti”, nasceu em Arcoverde, Pernambuco, no dia 09 de julho de 1981. Formado em Educação Física, Dado cresceu em Caruaru, onde começou a jogar bola, no Colégio Diocesano de Caruaru. Aos 17 anos, foi para a capital, nas categorias de base do Santa Cruz. Elogiado pela técnica, mas lento e sem força, tentou a sorte no Náutico, onde conheceu Muricy. Encostado, recebeu o convite para estagiar na comissão técnica do time de juniores, aceitou, e pegou gosto. Aos 22 anos, já treinava a equipe infantil do Timbu, e de lá virou auxiliar no sub-20 do Sport. Até que surgiu o convite que mudou, definitivamente, sua vida.Dado Cavalcanti começou desde cedo a buscar espaço no mundo futebolístico. Sua carreira meteórica como treinador de futebol fez com que obtivesse resultados significativos num curto espaço de tempo e acumulasse experiência mesmo com a pouca idade. Foi o treinador mais jovem do Brasil a conquistar um título do futebol profissional, com apenas 24 anos pelo Ulbra-RO.
Ele faturou o Bicampeonato Estadual em Rondônia nas temporadas 2006 e 2007. Dado ainda foi Campeão Brasiliense da Terceira Divisão com o Brazsat, em 2008. sempre foi bem sucedido por onde passou, atingindo os objetivos que foram pré-estabelecidos pelos clubes. Levou o Santa Cruz  às oitavas-de-final da Copa do Brasil, desclassificando o Botafogo em pleno Engrnhão, igualando à melhor colocação da história do clube na competição. Foi eleito pela crônica esportiva local como o melhor técnico do Campeonato Pernambucano de 2010. Atualmente (2015) Dado Cavalcanti é treinador do Paysandu.

Com informações do Wikipédia


Puglia - Década de 60

Na década de 60 com a camisa do Sporting de Portugal
José Fernando Puglia, o “Puglia” nasceu em São José do Rio Preto no dia 23 de janeiro de 1937. Atuando como meio-campista iniciou sua carreira no Palmeiras em 1955. Em 1959 transferiu-se para Europa jogando três temporadas pelo Sporting de Portugal. Em 1961 assinou com o Palermo da Itália. Depois que o time italiano foi rebaixado para a Série B do Campeonato Italiano ele transferiu-se para a Juventus depois para o Bari. Em 1965 voltou para o Brasil para jogar no Santa Cruz. Puglia jogou ainda no São Paulo e Bangu onde encerrou sua carreira em 1967. Faleceu aos 78 anos no dia 06 de abril de 2015. Residia no bairro do Brooklin, São Paulo e trabalhava como representante comercial.

Paulo Ricardo - 1972


Lauro - 1972


Cafezinho - 1993 - 2014

João Cristiano de Araújo, o “Cafezinho”, nasceu em Maceió, Alagoas, no dia 19 de julho de 1965. Atuando como lateral direito, iniciou sua carreira, tardiamente, aos 23 anos no Capelense de Alagoas em 1989. Em seguida se transferiu para o Novorizontino. Atuou ainda no Náutico, Mogi Mirim, Bangu, Madureira Vasco da Gama, CRB, Rio Preto, Jaboticabal, Mirassol, Asa, Murici, CSA e Bom Jesus modesto time de Alagoas onde encerrou sua carreira depois de sofrer uma grave lesão.  Jogou no Santa Cruz em 1993 quando veio emprestado do Náutico.



quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Mazinho Loyola - 1990 - 2013

 
Lindomar Ferreira de Loyola, o “Mazinho Loyola”, nasceu em Tauá, Ceará, no dia 27 de junho de 1969. Atuando como atacante iniciou sua carreira nas categorias de base Ferroviário do Ceará em 1987, Depois de sagra-se Campeão Cearense pelo Ferroviário em 1988 transferiu-se para o São Paulo. Em 1990 foi campeão pernambucano pelo Santa Cruz. Atuou também no Ceará, no Rio branco, Inter de Porto Alegre, Corinthians, Paraná, ABC, Gama, União Bandeirantes, Avaí e Fortaleza. Em 2004 encerrou sua carreira jogando pelo Ferroviário do Ceará.  Atualmente (2015) Mazinho Loyola é taxista em Fortaleza.


Detinho - 1970-1971-1972

Dioedete Pereira Coelho, o “Detinho”, nasceu em Jequié, Bahia, no dia 12 de junho de 1946. Apesar de ser considerado baixinho para a posição (1,72m) atuava como goleiro. Começou sua carreira no Comercial de Vitória da Conquista. Na ocasião teve que alterar o seu ano de nascimento para 1941 a fim de jogar no time profissional. Em 1962 foi contratado pelo Ypiranga e em seguida pelo Vitória. Em 1970 Detinho foi contratado pelo Santa Cruz por 300 mil Cruzeiros e assumiu a titularidade do gol Coral. Por ter sido eleito o melhor goleiro do campeonato na conquista de 1970 ganhou, do milionário James Thorp, uma Variant zero quilômetro.  Detinho encerrou sua carreira em 1979 jogando no modesto Tiradentes do Piauí.  Ele morreu no dia 12 de setembro de 2001. 

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Cabral - 1969 -1972 - 2011

José Paes Cabral, ou apenas Cabral é um ex-lateral-esquerdo que defendeu e fez muito sucesso com a camisa do Santa Cruz.  Em 2011, residia em Paulista, cidade próxima da capital pernambucana Recife. Natural do Rio de Janeiro, o ex-jogador nasceu no dia primeiro de janeiro de 1948 e iniciou sua carreira ainda garoto por influência de seus familiares. Jogando pelo Santa Cruz era presença marcante no time várias vezes campeão no início da década de 70. Fez seu nome ao lado de Fernando Santana, Luciano Coalhada, Zito "Peito de Pombo”, entre outros grandes atletas do Tricolor pernambucano. Em 1973, foi convidado para atuar no futebol português, a época, algo comum entre seus conterrâneos. Pelo Sporting, Cabral atuou apenas uma vez, na vitória diante do Beira Mar, o suficiente para sagrar-se campeão português da tamporada 1973/1974. Cabral esta aposentado, mas ainda comenta e joga futebol com seus amigos, ex-jogadores e a mídia local.

Por Diogo Miloni – Terceiro Tempo

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Henágio, eterno craque coral!

Henágio não era um completo desconhecido quando chegou de Aracaju em 1983. Com a camisa do Sergipe, havia disputado o campeonato brasileiro daquele ano. Foi, ao mesmo tempo, o destaque e a revelação do time que passou à segunda fase num grupo que tinha o São Paulo, o América de Natal e o Sport. Sua habilidade e a capacidade de encontrar espaço onde não havia atraíram a atenção do mercado, mas o Santa Cruz foi mais rápido e o trouxe para o Recife.
Bastaram alguns jogos para Henágio se transformar na estrela do time coral treinado por Carlos Alberto Silva, com Ramon de volta ao ataque enquanto Luiz Neto e Birigui se revezavam no gol.
Seu primeiro gol foi na goleada sobre o América por 7 x 1, na terceira vez em que entrou em campo. Àquela altura, a torcida já gritava seu nome em delírio a cada drible curto e imprevisível.
Um jogo, contudo, é marcante em sua primeira passagem pelo Mais Querido, um clássico contra o Sport jogado em Caruaru. O Santa havia perdido as decisões dos turnos anteriores e a primeira fase do terceiro turno. Ou provocava um supercampeonato vencendo a segunda fase e também o turno final, ou iria assistir à decisão entre seus dois maiores rivais.
Henágio foi o nome da partida extra que decidiu o turno, não apenas pelo gol salvador. Fez uma partida impecável e abriu o caminho para o trisupercampeonato. Foi o grande nome das partidas decisivas.
Em 1986 saiu do Santa Cruz para o Sport e, de lá, seguiu para substituir Zico no Flamengo. Retornou em 1991 e permaneceu no Santa até 1993, sendo um coadjuvante de luxo no título estadual.
O meia marcou 34 gols e jogou 195 partidas com a camisa coral. Os números não expressam, contudo, um fato inquestionável: Henágio foi o grande ídolo de toda uma geração de torcedores do Santa Cruz.
Foto: Edvaldo Rodrigues/DP/D.A. Press
Fonte: Site oficial do Santa Cruz

Ramón, Henágio e Sérgio China falando qual o seu jogo inesquecível - 2013


Matéria da Revista Placar destacando o time do Santa Cruz de 1973

Originalmente publicado na
Revista Placar em 1973

Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.

domingo, 25 de outubro de 2015

Matéria da Revista Placar destacando o zagueiro Bebeto - 2003

Originalmente publicado na
Revista Placar em Julho de 2003

Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.

sábado, 24 de outubro de 2015

Edu Bala - 1982

Carlos Eduardo da Silva, o “Edu Bala”, nasceu  em São Paulo no dia 25 de outubro de 1948. Iniciou sua carreira em 1967 na Portuguesa.  Atuando na ponta esquerda se destacou pela incrível velocidade. Em 1969 foi contratado pelo Palmeiras clube em que ganhou notoriedade. Jogou também  no São Paulo, Sport, Universidad de Chile, Nacional, Caldense, Desportiva, Uberaba, Marcílio Dias, Saltense e São Carlense. Edu Bala jogou no Santa Cruz em 1982. Atualmente (2015) é professor numa escolinha de futebol na zona oeste paulista.


Matéria da Revista Placar destacando o Bissuper do Santa Cruz - 1976


Revista Placar - 1976

Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.


sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Matéria do Diário da Manhã destacando a venda do Jogador Baiano - 1982


Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Matéria da Revista Placar destacando a venda de Ramón - 1973



Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.


Matéria do Diário da Manhã destacando um "Clássico das Multidões" realizado em Serra Talhada - 1973


Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.

Matéria do Diário da Manhã destacando o Santa Cruz - 1972

Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Recorte do Diário da Manhã destacando jogadores do Santa Cruz e do América - 1936

Diário da Manhã - 04/01/1936

Matéria da Revista Placar destacando o título de 1993


Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.

Matéria da Revista Placar destacando um ano ruim para o Santa Cruz - 1982


Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Matéria da Revista Placar destacando uma vitória do Santa Cruz sobre o São Paulo - 1988

Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.

Lima - 1974


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Time Juvenil - 1978