Pesquise no blog

Visitantes Corais

terça-feira, 2 de março de 2010

Time de 1976 - Supercampeão Pernambucano

Em pé: Picasso, Pedrinho, Alfredo Santos, Levir Culpi,
Carlos Alberto Rodrigues e Carlos Alberto Barbosa.
Agachados: Careca, Betinho, Nunes, Jadir e Pio.
Em pé: Gilberto, Carlos Alberto Barbosa, Pedrinho,
Levi Culper, Alfredo Santos e Givanildo.
Agachados: Betinho, Edson, Nunes, Jair e Pio.
Em pé: Carlos Alberto Barbosa. Gilberto. Levir Culpi, Alfredo Santos, Pedrinho e Givanildo.
Agachados: Betinho, Edson Ratinho, Nunes, Carlos Aberto Rodrigues e Santos.
Em pé: Carlos Alberto Barbosa, Lula, Alfredo Santos, Givanildo, Orlando e Joel Mendes.
Agachados: Fumanchu, Mazinho, Nunes, Carlos Alberto Rodrigues e Zé Roberto. 

A final aconteceu no dia 01 de agosto de 1976
O Santa Cruz foi campeão goleando o náutico por 2x0


Reinaldo - 2005

Reinaldo José da Silva, nasceu no dia 24 de fevereiro de 1980 em Patos de Minas-MG. Defendeu o Santa Cruz na vitoriosa campanha de 2005 em que o clube retornou a elite do futebol brasileiro. Em 2009 retornou ao Santa mas não obteve o mesmo desempenho.

Paraíba, "O Canhão do Arruda".

Paraíba com familiares - 2009
Zé do Carmo comandando a homenagem a Paraíba, em 1983
Em destaque, Paraíba no time campeão de 1957
Paraíba, então guarda civil, sendo socorrido depois da explosão ocorrida no dia 25 de julho de 1966

Sebastião Tomaz de Aquino nasceu em Ingá/PB em 1931. Chegou ao Arruda aos 18 anos de idade e passou cinco temporadas vestindo a camisa tricolor. Logo depois se transferiu para o São Paulo/SP, teve uma passagem pelo Salgueiros/Portugal e voltou ao Mundão em 1957 para conquistar seu primeiro título no clube que aprendeu a amar desde criança. Foi apelidado como o "Canhão do Arruda" pelo chute forte que tinha. Vestindo o manto coral, marcou nada menos que 105 gols e ficou eternizado como um dos maiores craques da história do clube das três cores.
Além das passagens marcantes pelo São Paulo e pelo Santa Cruz, Paraíba ficou marcado por outro acontecimento em sua história. Em 1966, quando trabalhava como guarda civil no Aeroporto dos Guararapes, achou uma maleta perdida no saguão e resolveu levar a mesma para a seção de achados e perdidos. Após apenas dois passos a maleta explodiu, matando diversas pessoas e deixando o ex-jogador sem uma das suas pernas. Mais tarde se descobriu que a explosão havia sido um atentado terrorista contra a campanha do presidente Costa e Silva.

Fonte: Coralnet

Atualizado dia 29 de Maio de 2017

Paraíba faleceu no dia 29 de maio de 2017 no Recife.

Andrade - 2005

João Henrique de Andrade Amaral, nasceu no dia 13 de Outubro de 1981, em São Paulo, capital. Tem como principal característica o chute forte. Defendeu o Santa Cruz em 2005 tendo participado do time vice-campeão da Série B que promoveu a ascensão do clube a elite do futebol brasileiro.