Pesquise no blog

Visitantes Corais

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Homenagem aos 95 anos do Santa Cruz - Vídeo extraído do Bom dia Pernambuco

Zequinha

Zequinha no aniversário da neta, Ana Beatriz.
Foto: Fernando Machado


Zequinha e familiares. A partir da esquerda: Dona Hilda (esposa),
Robson (filho). Zequinha e Rosileirde (Filha). Foto: Fernando Machado

Zequinha ao lado de Ricardo Rocha, no Arruda, em 2006. Pouco antes do jogo Santa Cruz e Vasco, o ex-jogador foi homenageado pela CBF pelos serviços prestados a Seleção Brasileira. Foto: Coralnet

José Ferreira Franco, o “Zequinha”, nasceu em 18 de Novembro de 1934, na cidade do Recife. Começou sua carreira, tardiamente, aos 20 anos de idade, no Auto Esporte. Um ano depois, em 1955, transferiu-se para o Santa Cruz onde jogou por dois fazendo parte, inclusive, do time supercampeão de 1957. Em 1958 transferiu-se para o Palmeiras onde conquistou diversos títulos e chegou a Seleção Brasileira. 
Foi campeão mundial no Chile em 1962. Zequinha encerrou sua carreira em 1970 jogando pelo Clube Náutico Capibaribe. O ex-meia pernambucano morreu aos 74 anos, no dia 25 de Julho de 2009, de falência múltipla dos órgãos, em Recife.

Edinho - 1957


Edinho atuou no Santa Cruz na década de 50 tendo participado dos melhores times que o Santa montou nesse período. O grande feito, claro, foi o supercampeonato de 1957.

Aldemar - 1956 - 1957

Aldemar dos Santos nasceu no Rio de Janeiro, no bairro do Engenho de Dentro, no dia 07 de Novembro de 1931. Foi considerado um dos maiores marcadores de Pelé na época em que foi jogador do Palmeiras. Depois de se destacar no Vaco da Gama, esse hábil zagueiro foi contratado para jogar no Santa Cruz onde foi Supercampeão em 1957. Aldemar defendeu o Santa por seis anos, de 1952 à 1957.

Curiosidade: em 1966, Aldemar já havia abandonado os campos e foi contratado pelo Santa Cruz para ser treinador. Ele viajou para o Recife mas não chegou a se apresentar ao clube. Estava com um grave problema psíquico, “Amnésia Recente”. Segundo amigos, esse problema surgiu depois que ele foi cortado da Seleção Brasileira pouco antes da Copa de 1962, no Chile. Aldemar ficou vagando pelas ruas do Recife até que foi reconhecido por um ex-jogador do Santa Cruz que o recolheu em casa. Esse jogador ligou para os irmãos de Aldemar que o levaram de volta ao Rio de Janeiro.

Aldemar dos Santos faleceu no dia 20 de agosto de 1977, no Rio de Janeiro. O jornalista Milton Neves informa no seu site que ele morreu de causas naturais, entretanto, a Revista Placar na edição de 24 de outubro de 1980 publicou que sua morte se deu depois de um atropelamento.
Fonte: Milton Neves e Revista Placar

Time de 1940 - Campeão Pernambucano

O Santa Cruz conquistou o campeonato vencendo o 
Sport por 2x1 no dia 04 de Maio de 1940


Time de 1937 - Vice-Campeão Pernambucano

Grande detalhe: Nessa foto a prova de que o Santa Cruz foi um dos primeiros times no mundo a incluir o nome do atleta no uniforme. Clique na imgem para ampliar e conferir.

Time de 1936 - Vice-Campeão Pernambucano

Clique na imagem para ler a escalação

Time de 1929

Time de 1917 - Vice-Campeão Pernambucano

Time de 1982


Time de 1981

Time de 1977


Time de 1975

Lula Pereira, Pedrinho, Levir Culpi, Givanildo, Carlos Alberto Barbosa
Jair, Fumachu, Orlando, Ramon, Carlos Alberto Rodrigues e Pio
Em pé: Jair, Lima, Pedrinho, Levir, Renato e Givanildo; agachados: Fumanchu, Ramón, Nunes, Carlos Alberto Rodrigues e Zé Maria.
Orlando, Gilberto, Pedrinho, Levir, Lula e Givanildo;
Zito, Mazinho, Ramon, Carlos Alberto e Pio 

Time de 1974 - Vice-Campeão Pernambucano

Em pé: Orlando, Detinho, Levir Culpi, Paulo Ricardo, Antonino e Botinha.
Agachados: Pio, Givanildo, Ramon, Luciano e Fernando Santana.

Time de 1978 - Campeão Pernambucano

Em pé: Carlos Alberto Barbosa, Givanildo, Joel Mendes, Pedrinho, 
Alfredo Santos e Paranhos.
Agachados: Jadir, Betinho, Neinha, Carlos Alberto e Joãozinho.


Time de 1986 - Campeão Pernambucano

 Em pé: Marco Antônio, Lula, Birigui, Zé do Carmo, Ivan e Loti.
Agachados: Marlon, Jarbas, Neto, Romel e Tiziu.

A final aconteceu no dia 10 de agosto de 1986, o Santa foi campeão empatando em 0x0 com o Sport

Final de 1983 - Santa Cruz Trissuper Campeão





Time de 1933 - Tricampeão Pernambucano

João Martins, Zezé Fernandes, Sebastião da Virada,
Tará, Estevão, Diógenes e Lauro.
Ernani, Carlos Benning, Sherlock, Marcionildo,
Limoeiro, Valfrido e Dadá.
O Santa Cruz conquistou o título vencendo o Varzeano
por 5x2 no dia 04 de Março de 1934

Ramón



Tive o prazer de conhecer, pessoalmente, o grande Ramón
no dia 18 de janeiro de 2017

Nascido no dia 12 de Março de 1950, na cidade de Serinhaém, Ramón da Silva Ramos, seguramente, foi um dos maiores jogadores da história do Santa Cruz. Iniciou sua carreira em 1970 no próprio Santa onde virou ídolo atuando nos grandes times corais da primeira matade da década. Em 1973, foi artilheiro do Campeonato Brasileiro com 23 gols.
Em 1976, Ramón transferiu-se para o Vasco da Gama onde fez dupla com Roberto Dinamite compondo um dos melhores ataques da história do clube cruzmaltino. Ramón encerrou sua carreira em 1985 no modesto Brasília. Hoje em dia trabalha como técnico nas categorias de base do Santa Cruz.

Luciano e Pedrinho - 1969

Luciano e Pedrinho - 1969