Pesquise no blog

Visitantes Corais

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Futebol em preto e branco: Santa Cruz x Náutico - 1954

Placar não disponível

Matéria da Revista Placar com Luís Barbalho, um dos fundadores do Santa Cruz - 1975

Nessa matéria da Placar, Luís Barbalho, um dos fundadores do Santa Cruz revela: depois que a Federação Pernambucana impôs ao Santa a necessidade da mudança no padrão (O Flamengo do Recife era mais antigo e tinha a preferência para usar padrão preto e branco) o Santa acrescentou o vermelho inspirado pela bandeira da Alemanha. Assim nasceu a mística tricolor!

Originalmente publicado na
Revista Placar em  24 de Janeiro de 1975

Atenção!

Para ler as postagens de jornais e revistas do Arquivo Coral siga essas dicas: clique na imagem com o botão direito do mouse, depois clique em “Abrir em nova aba” ou "Abrir link em nova guia". Clicando na nova aba que abrir a imagem poderá ser ampliada ao máximo facilitando a leitura.


Excursão do Santa Cruz ao Pará - 1935

Em 1935 o Santa Cruz foi convidado pela Tuna Comercial para realizar um jogo amistoso festivo inaugurando o estádio do clube paraense. A foto acima, extraída do Diário da Manhã do dia 02 de julho de 1935, destaca a delegação Coral, chefiada por Virgílio Borba Filho, embarcando no vapor Jeceguai com destino ao Pará. O Santa Cruz venceu o jogo em Belém e conquistou a Taça Governador Carlos de Lima Cavalcanti. O técnico do Santa era o ex-goleiro Ilo Just.

A delegação completa do Santa era formada por:
(Floriano) Dadá, Diógenes Prado, Marcionillo Aquinno, João Martins, Adhemar Menor, José Orlando, Ernane Zlocowick, Valfrido dos Santos, Sardena, Lauro, (Humberto Ribeiro) Limoeiro, Jaime, (Alcides Lima Junior) Sidinho, José Pequeno, Carlos Benning,Lauro Monteiro, Humberto Vianna Tará e Sebastião França.

Com informações do Blog do Fernando Machado


 Obs: Não confundir com a "Excursão da Morte"  realizada em 1945.