Pesquise no blog

Visitantes Corais

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Amaral - 2007

Alexandre da Silva Mariano, mais conhecido como Amaral, (Capivari, 28 de fevereiro de 1973), é um futebolista brasileiro que joga como volante. Antes de iniciar nas categorias de base do Palmeiras, apesar de muitos pensarem assim, não foi coveiro e sim trabalhou em uma funerária em sua cidade natal. Jogou pela Seleção Brasileira entre 1995 e 1996, incluindo a participação nos Jogos Olímpicos de 1996.
Destaque do time palmeirense, em 1996 foi negociado com o futebol Europeu. Logo de cara, defendeu um grande clube do futebol mundial, o Parma, então campeão da Copa da UEFA, jogando ao lado de craques como Gianluigi Buffon, Lilian Thuram, Hernán Crespo e Tomas Brolin. Encontrou muita dificuldade para se adaptar, e assim foi transferido para o Benfica.
Também não deu sorte no futebol português, e então foi devolvido por empréstimo ao Palmeiras, no ano de 1997. Devido às boas partidas pelo Verdão, o Benfica resolveu dar-lhe outra chance de mostrar seu futebol no cenário internacional. Porém, disputou apenas cinco partidas pela Liga Portuguesa, e acabou voltando para o futebol brasileiro.
Assinou com o Corinthians, maior rival do Palmeiras, o que gerou muita polêmica na época. Foi Campeão Brasileiro em 1998, e ainda levantou a taça do Campeonato Paulista em 1999, antes de ser comprado pelo Vasco da Gama, que preparava um super-time. Junto de Amaral chegaram Edmundo (Fiorentina), Romário (Flamengo) e Juninho Paulista (Atlético de Madrid).
Esse time empilhou diversas taças como o Campeonato Brasileiro de 2000 e a Copa Mercosul de 2000. Depois do sucesso vascaíno, foi vendido ao Fiorentina. Diferente de sua primeira passagem pelo velho continente, desta vez ele conseguiu se firmar, e se manteve na titularidade até 2002, quando o clube italiano foi extinto, devido às dividas superiores a 22 milhões de euros. O clube abriu falência.
No mesmo ano, assinou com o Beşiktaş, onde foi Campeão Turco. No fim de seu contrato, em 2003, assinou com o Grêmio um contrato de seis meses para a disputa da Copa Libertadores da América, no ano do centenário do clube. Com a eliminação precoce do time gaúcho, Amaral cumpriu seu contrato e não renovou.
Em 2004, assinou com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita, porém não disputou sequer uma partida. No segundo semestre, disputou a Série B pelo Vitória, numa campanha drástica, foi rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. No ano seguinte, foi anunciado pelo Atlético Mineiro, mas não se firmou como titular devido a seguidas lesões. Em 2006, voltou para a Europa, defendendo o Pogoń Szczecin, da Polônia.
Ainda passou pelo Santa Cruz, antes de ajudar o Grêmio Barueri a subir para a Série A. Em 2009, aos 36 anos, partiu para a Austrália, jogou a A-League pelo Perth Glory Football Club.
Nesse ano ainda foi contratado pelo Grêmio Catanduvense para a disputa da Série A2 do Campeonato Paulista. e esteve nos desconhecidos Manado United e Persebaya Surabaya, ambos da Indonésia. Atualmente, está no Capivariano. Ainda tem um olho fechado e outro normal.
Amaral participou do reality show "A Fazenda", da TV Record, e foi para a "Roça" (sistema de eliminação do programa) ao lado de Thiago Servo (cantor sertanejo) e foi eliminado no dia primeiro de outubro de 2015, após receber apenas 23,75% dos votos do público. Os amantes do futebol de Amaral ficaram tristes com a eliminação, sendo certo que muitos blogs e páginas dedicadas ao futebol lamentaram tal fato.

Fonte: Wikpédia