Pesquise no blog

Visitantes Corais

segunda-feira, 1 de março de 2010

Sebastião da Virada - 1933

Sebastião Luiz de França, o “Sebastião da Virada”, nasceu em Palmares-PE, no dia 03 de setembro de 1901. Atuando como zagueiro iniciou sua trajetória no Íris, um extinto clube do Recife. Em 1925 transferiu-se para o Santa Cruz atuando por cinco temporadas seguidas. Em 1930 foi jogar no Encruzilhada mas em 1932 retornou ao Santa Cruz e virou lenda conquistando o bicampeonato de 32/33. “O apelido Sebastião da Virada” ele ganhou depois que marcou um gol contra o Ipiranga da Bahia, a torcida começou a gritar “é da virada, é da virada” e ficou. O futebol da década de 30 era amador, Sebastião era um homem simples, de pouca instrução e acabou sofrendo as agruras da vida.  Em 1970, Sebastião vivia perambulando sem ter onde morar nem tinha renda para se sustentar, dois conselheiros do Santa Cruz, o Dr. Boanerges de Souza e Alfredo Ramos, compadecidos com a situação de penúria dele, propuseram a patrimonial do clube uma saída: arranjaram um quartinho em baixo das sociais do Arruda para Sebastião morar. A proposta foi aceita e o velho ídolo passou a viver no local onde deu tantas alegrias a torcida Coral. Semanalmente ele recebia uma pequena ajuda financeira para suprir suas necessidades. Assim ele terminou os seus dias, vivendo no templo sagrado do Arruda.


Clique aqui e veja imagens do time tricampeão da década de trinta do qual fazia parte o lendário Sebastião da Virada.

0 comentários:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por moderação e serão ou não publicados de acordo com a avaliação do moderador.