Pesquise no blog

Visitantes Corais

domingo, 14 de março de 2010

Rivaldo

Rivaldo recebendo o prêmio
de melhor jogador do mundo
Rivaldo Vitor Barbosa Ferreira nasceu em Paulista-PE no dia 19 de Abril de 1972. Iniciou sua carreira nas categorias de base do Santa Cruz trazido por um olheiro do clube coral que o viu jogar na sua cidade natal. Rivaldo passou pelo infantil, sempre se destacando, e chegou ao time de juniores. Em 1992, foi um dos grandes destaques do Santa Cruz na Copa São Paulo de Juniores. Aos 19 anos, assinou seu primeiro contrato profissional com o Santa Cruz. Como profissional, Rivaldo teve um começo irregular, estava em período de adaptação e não conseguia se firmar no time titular. Torcida e dirigentes da época não tiveram a paciência necessária para trabalhar o jogador que acabou se transferido para o Mogi Mirim, no interior de São Paulo.

A partir daí, Rivaldo começou a sua escalada de sucesso. Conquistou a Série A2 pelo Mogi Mirim compondo o famoso “Carrocel Caipira” que revelou, além dele, Válber e Leto. O sucesso no clube do interior foi o passaporte para Rivaldo chegar ao Corinthians e ser convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira em 1993. Rivaldo, entretanto, não conseguiu se firmar no Corinthians que desistiu de adquirir seu passe. Outro clube de São Paulo, o Palmeiras, que na época contava com um vultoso patrocínio da multinacional Parmalat, apostou no craque e arrematou o seu passe.

No Palmeiras, ele brilhou e foi campeão paulista em 1996. Foi mais uma vez convocado para Seleção Brasileira e disputou as Olimpíadas de Atlanta. Depois de ficar quase um ano sem ser convocado para a Seleção, Rivaldo transferiu-se para o futebol espanhol, indo jogar no Deportivo La Coruña. Na temporada seguinte, em 1997, transferiu-se para o Barcelona onde encontrou, definitivamente, o estrelato. Foi Campeão espanhol, disputou a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 1998 em que marcou três gols.

1999, ano do centenário do Barcelona, foi espetacular na carreira de Rivaldo. Ele sagrou-se bi-campeão espanhol pelo Barsa e foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA. Três anos depois, na Copa de 2002, Rivaldo liderou a Seleção Brasileira que conseguiu conquistar o pentacampeonato. Ele marcou cinco gols. Atualmente (2010), Rivaldo joga no Bunyodkor, do Uzbequistão e é presidente do Mogi Mirim.



0 comentários:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por moderação e serão ou não publicados de acordo com a avaliação do moderador.