Pesquise no blog

Visitantes Corais

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Everaldo - 1980

Everaldo Bezerra da Silva, o Galo, nasceu na cidade de Olinda, em Pernambuco, no dia 20 de junho de 1954. Ele foi um dos melhores laterais direitos da história do Ceará e, após pendurar as chuteiras, virou coordenador de futebol.
Em 1983, Galo jogava no Santa Cruz como lateral-direito. Assim, Lula Pereira e Dimas Filgueiras indicaram Everaldo para ser contratado pelo Ceará. Deste modo, o atleta acertou com o Vozão.
Durante os sete anos que jogou no Mais Querido, Galo viveu o melhor momento de sua carreira. Foi três vezes campeão estadual (1984, 1986, 1989) e, no ano de seu segundo título cearense, também conquistou o prêmio de melhor jogador do estado, escolhido pela imprensa local.
Entretanto, um pouco antes de receber esta honraria, ele sofreu a pior contusão de sua vida. Durante uma partida contra o Internacional, Norberto deu um carrinho violento, que de tão forte, fraturou a perna de Galo.
Após um ano de recuperação, Everaldo voltou aos campos e, em 1989, deixou o Vozão para atuar no Catuense-BA. Depois disso, ainda atuou pelo Santos, Bandeirantes de Birigui, Ferroviário, Maranhão, Asa de Arapiraca, ABC-RN e Icasa, onde se aposentou em 1993.
Contudo, Galo não aguentou ficar longe do futebol e voltou para o Ceará, desta vez para ser coordenador de futebol amador do clube e auxiliar técnico do time profissional. Pelo Vozão, ele também foi um dos fundadores da Escolinha de Futebol do Ceará.
Em 2000, Everaldo se desligou do Mais Querido e decidiu curtir a aposentadoria. Foi morar no interior do Ceará, em Beberibe. Mas, 12 anos depois, ele voltou a trabalhar com o esporte bretão. O ex-atleta participa de um projeto social, treinando crianças em uma escolinha de futebol.
Fonte: http://terceirotempo.bol.uol.com.br/que-fim-levou/everaldo-galo

1 comentários:

Gilvannewton Souza disse...

Este é Paulo Galvão. A PLACAR inverteu Everaldo e Paulo Galvão no poster citado. Se observar no outro poster, do Santa campeão do primeiro turno, está certo.

Postar um comentário

Todos os comentários passam por moderação e serão ou não publicados de acordo com a avaliação do moderador.