Pesquise no blog

Visitantes Corais

domingo, 6 de março de 2011

Tiano e a histórica virada em cima do América

Tiano, aos 78 anos- Foto Revista Placar - 1979

Um dos grandes nomes da história gloriosa do Santa Cruz, foi Martiniano Fernandes, conhecido como Tiano, quando atuou de forma brilhante durante sete anos da década de dez pela equipe Coral. Tiano participou do histórico jogo em que o Santa Cruz perdia de 5x1 para o América (Na época, uma das potências do futebol pernambucano) e virou a partida vencendo pelo placar de 7x5.

Martiniano Fernandes formou-se médico e fez carreira brilhante, chegou a ser catedrático, dirigindo vários hospitais. Foi também senador por Pernambuco. Em 1979, aos 78 anos, em depoimento a Revista Placar, Tiano deu detalhes da histórica partida:

“Eu era o capitão do time, nosso ataque contava com cinco baixinhos, mas todos muito rápidos. No segundo tempo, resolvi deslocar Pitota para a ponta direita. O efeito foi quase milagroso. Rapidíssimo, Pitota deixou tonta a defesa do América e passou a centrar bolas na área. Fiz três gols e os outros foram marcados por Nequinho, Joaquim de Sá e Pitota. Pitota driblou quase todo o time do América antes de marcar. Foi uma vitória tática: como o América correra demais no primeiro tempo, não pôde aguentar o nosso ritmo no segundo tempo, já que exploramos a velocidade dos nossos jogadores. Foi um delírio, tinha gente que já havia deixado o campo e voltou ao ouvir a algazarra feita a cada gol”.

Martiniano Fernandes foi jogador do Santa Cruz entre os anos de 1915 e 1922, quando abandonou a carreira depois de romper um menisco num jogo amistoso no Ceará. No ano seguinte formou-se em medicina onde fez brilhante carreira. Hoje em dia, o Professor Martiniano Fernandes dá nome a uma fundação  e a um nefrocentro sendo respeitado como um dos grandes nomes da medicina pernambucana e uma lenda do futebol Coral.


0 comentários:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por moderação e serão ou não publicados de acordo com a avaliação do moderador.